Sejam muito bem vindos ao ButtahBenzo Brasil. A sua primeira fonte de informações sobre as atrizes Ashley Benson e Shay Mitchell, mundialmente conhecidas por participarem da série de TV Americana Pretty Little Liars. Somos um site não-oficial feito de fã para fã, portanto não temos contato com elas, seus familiares e agentes. Todo o conteúdo, fotos, informações, vídeos e etc. pertencem ao site a não ser que seja informado ao contrário. Visite as categorias abaixo e divirta-se!
22.jun
2020

Ashley Benson compartilhou com a revista Vogue um guia de passo a passo de sua rotina de cuidados com a pele, como usar tapa olhos e rolos de rosto gelados e ensinou também algumas técnicas de como obter um olho esfumaçado em poucos passos. O vídeo foi publicado no canal do Youtube da revista. Confira:

 

 

 

09.fev
2020

Shay Mitchell mostrou sua casa após uma serie de reformas para o site Architecural Digest. Confira a matéria:

A atriz nascida no Canadá foi atraída pelos detalhes de influência espanhola, que incluem entradas e azulejos arredondados. Ela decorou a casa pela primeira vez em 2016, mas desde então mudou o interior para refletir melhor seus gostos – e, para dar as boas-vindas a seu parceiro, Matte Babel, e à filha deles, Atlas, no espaço. “Para ser sincera, sinto que muitas pessoas dizem que passam por muitos designers diferentes às vezes, e então você está em uma casa que não parece ser a sua”, ela compartilha. “Agora, parece comigo, e tem sido muito agradável estar nela.”

Para isso, ela recrutou o decorador de interiores Chad Wood, que redefiniu os interiores branqueando e ressurgindo os pisos de pau-brasil. “Chad percebeu que eu fui em direção a móveis de madeira clara, então ele me forçou a mudar o piso”, compartilha Mitchell. “Isso realmente deu o tom para todo o resto da casa. A melhor coisa que fiz na casa foi mudar o chão, mas talvez não dois meses antes de ter um filho!” No interior, um dos espaços de estar é cheio de luz, com vigas expostas e uma lareira. Mitchell comprou a lanterna orbital (que está suspensa no teto abobadado) em Marrakech, Marrocos. “É o momento atraente na sala”, diz ela. “Um lustre seria realmente esperado. Eu queria algo diferente.” Wood acrescenta:“ Shay tem uma afinidade com a iluminação, especificamente lustres, que é o que criamos nos quartos ”

O outro espaço habitacional adotou um humor – até sensual – começando com a tinta Farrow & Ball Down Pipe. “Para mim, eu não poderia ter uma casa de uma cor”, comenta ela. “Gosto que os quartos sejam diferentes e imitem coisas diferentes quando entro neles.” Os móveis incluem um sofá de veludo verde escuro e toques marroquinos (como um tapete de Lawrence de La Brea) “Eu queria que fosse macio, acolhedor e quente”, ela compartilha. “Algo sobre veludo me faz sentir aconchegante.” Enquanto isso, a cozinha – aquela que Mitchell descobriu no Pinterest antes de estar no mercado para a casa dos seus sonhos – é monocromática, com balcões de mármore e armários em preto e branco. Na parte de trás, uma parede de azulejos brancos apresenta um grande arco que leva a um terraço através de portas francesas.

No segundo andar, o quarto da filha de Mitchell é pintado em Rosa-choque. O berço de latão da Atlas é coroado com fotos em preto e branco de seus pais. “Essas são todas as fotos que tiramos ao longo dos anos enquanto viajávamos”, compartilha Mitchell. “É sempre maravilhoso ter pessoas adoráveis, mas também ter lugares em que você já esteve. Especialmente, como o nome dela é Atlas, ele anda de mãos dadas com todos esses lugares que ela já passou sem ela saber.” Em toda a casa, peças foram adquiridas com vendas de imóveis e mercados de segunda mão. (Uma das lojas favoritas de Wood é Pop Up Home, em Los Angeles.) “É ótimo quando você encontra alguém cujo gosto é tão importante com o seu – e é ainda melhor quando ele também é um grande amigo”, diz Mitchell.

07.out
2019

Prestes a dar a luz á sua primeira filha, Shay Mitchell concedeu uma entrevista ao blog ‘Hatch’ onde fala abertamente sobre sua gravidez. Na entrevista Shay revela ter sofrido de uma grave depressão por ter que ter mantido a gravidez em segredo por tanto tempo. Confira a tradução:

 

Estado atual de sua mente?

Temos boas notícias hoje! Fui ao médico e ela virou a cabeça, o que é um alívio! Ter o rosto na direção certa diminui o risco de uma cesariana. Não me entenda mal, estou pronta para fazer o que for melhor para ela, mas adoraria evitar uma cesariana (se possível); Como nunca tive um osso quebrado, a ideia da cirurgia me assusta, além do tempo de recuperação em um parto vaginal geralmente ser muito menor!

Fisicamente, como você está se sentindo?

Durante meses, minhas mãos ficaram extremamente inchadas com agulhas e alfinetes constantes. Fora isso, eu me sinto ótima. Eu tive muita sorte por não ter muitos dos sintomas típicos da gravidez (fora das minhas lutas mentais), como enjôos matinais ou desejos selvagens. Eu sei que algumas mulheres que estão lendo isso, que tiveram náuseas ou sintomas físicos intensos, ficam como “uau, você-você”, mas é assim que tem sido para mim. Fisicamente, tenho tido muita sorte.

Emocionalmente, como você lidou com manter sua gravidez em segredo?

Os primeiros cinco meses dessa gravidez foram super isolantes e eu sofri uma depressão grave. Eu já tive um aborto espontâneo e essa experiência me deixou ansiosa por compartilhar as notícias dessa gravidez com alguém fora nossos pais. Com a primeira gravidez, fiquei feliz e contei a todos às oito semanas. No entanto, eu queria ter certeza de que essa segunda gravidez seria viável antes de gritar para todos, então eu a escondi por quase seis meses e me tornei muito anti-social. Normalmente, sou incrivelmente ativa e extrovertida, mas, em vez disso, fiquei principalmente em casa para evitar olhares e perguntas. Eu estava extremamente sozinha. Além disso, eu estava ganhando peso sem ter um impacto visível. Fiquei paranóica porque minha equipe estava me olhando de lado (sem saber que eu estava grávida) e pensando que deveria ir à academia – o que aumentava minha solidão. Eu acho realmente interessante que a depressão pré-parto ou os sentimentos de isolamento durante a gravidez não sejam discutidos mais amplamente … sentir que eu estava sozinha na depressão agravou meu estado de espírito, mas descobriram desde que compartilhando as notícias publicamente que muitas mulheres sentem como eu … a gravidez pode ser um período difícil, especialmente se você tiver que ocultá-la. Depois que saí publicamente, senti uma enorme onda de alívio e finalmente comecei a aproveitar a gravidez.

Como você se recuperou do aborto?

Eu ficava me dizendo que tudo acontece por uma razão. Seguir um aborto espontâneo com uma gravidez saudável geralmente significa que o primeiro feto não era viável. Por mais difícil que tenha sido pensar nisso, tentei me lembrar de que havia uma razão para a gravidez ter terminado. Compartilhar minhas lutas também me ajudou a curar. Como uma comunidade de mulheres, estamos melhorando em falar, discutir nossos desafios e lançar luz sobre questões de fertilidade. Não deveria haver vergonha em aborto. O apoio que recebi de outras mulheres quando estava tentando me recuperar era muito poderoso! Embora as experiências de todos sejam únicas, todos podemos nos beneficiar ao ouvir as histórias de outras mulheres

Estamos obcecados com ‘Almost Ready!’ Por que você decidiu lançar esta série?

Comecei minha série do YouTube “Almost Ready” como uma maneira de descrever a imperfeição da gravidez e ser a mais honesta possível durante toda a experiência. Eu não queria postar uma foto com curadoria perfeita com uma legenda idealista … isso não faria justiça a essa experiência e eu me sentiria uma fraude porque você não pode resumir a transformação na maternidade com algumas imagens perfeitas. Em vez disso, eu queria encarar isso como uma verdadeira jornada … com todos. Nos últimos nove meses, houve muitas coisas incríveis e coisas igualmente não tão impressionantes … está tudo lá. Para ser autêntica e relacionável, sinto que precisamos compartilhar o bem com o mal. Mostrar a experiência real foi libertador para mim, e espero que ajude outras mulheres a se sentirem menos sozinhas ou autoconscientes em sua jornada.

Como foi filmar ‘Dollface’ durante a gravidez?

Eu fui escalada para ‘Dollface’ quando estava em Tóquio com minha família com quase 13 semanas de gravidez. Desde que eu sabia que terminaríamos de filmar antes da barriga aparecer, concordei em fazer o show. Honestamente, foi a melhor coisa que eu poderia ter feito. Todos os dias eu estava cercada por um elenco incrível de mulheres incríveis que me mantinham inspirada e motivada. No último mês de filmagens, eu revelei minha gravidez para o elenco e a equipe – brincando que não estava simplesmente “me sentindo bem” por causa da mesa de artesanato (embora eu realmente tenha passado muito tempo lá!). Logo depois que terminamos, eu fui a público com a notícia.

Como foi compartilhar as notícias publicamente?

Alívio total. Felizmente, fui capaz de me expressar exatamente da maneira que queria. Eu estava um pouco nervosa que, em algum momento, uma foto seria divulgada antes de eu estar pronta para falar sobre a gravidez. Estou tão feliz que tudo deu certo como eu esperava.

 Parte mais surpreendente da gravidez?

Minha depressão pré-parto! Desde que me lembro, ouvi falar sobre depressão pós-parto. No entanto, ficar deprimida no começo foi um choque. O isolamento e a ansiedade que experimentei foram paralisantes. Eu pensei que estava enlouquecendo e questionei por que ninguém nunca falou comigo sobre isso. Tenho tido a sorte de compartilhar as notícias da minha gravidez, de ter conversas incríveis com outras mulheres grávidas e mães e saber que todos esses sentimentos são “normais”, então agora precisamos normalizá-los, discutindo mais abertamente!

Mais ansiosa para?

Conhecê-la!

Você já escolheu um nome?

Sim! No entanto, mantemos isso em sigilo até ela chegar. O engraçado é que um amigo nosso o sugeriu antes mesmo de engravidar. Quando ouvimos o nome, Matte e eu nos entreolhamos e sabíamos que seria ele! 

Malhando durante a gravidez?

Eu planejei isso. No entanto, quando comecei ‘Dollface’, eu estava trabalhando horas loucas. Filmamos muito do show à noite e ficávamos de pé até as 7 horas da manhã – sem dúvida, eu dei meus “passos” sem realmente ir à academia.

 Descansando ou em movimento?

Por natureza, sou super ativa; Eu acho que o verdadeiro “abrandar” para mim (e tenho certeza que toda mãe é como “você está certo!”) Virá quando eu a tiver. Eu acho que vou amamentar em casa e é aí que posso assistir a um programa ou relaxar. Até lá, eu vou trabalhar!

 O aninhamento tem sido uma coisa para você?

Ainda tenho muito o que fazer. Estamos em reforma completa, a garagem precisa de organização e o berçário ainda não está terminado. Minha verdadeira teoria sobre aninhamento? Isso só acontece porque não há mais o que fazer. Pela primeira vez, fiquei preso em casa e não posso beber, fazer exercícios ou socializar. O que mais há para fazer além de se fixar no que precisa de conserto, pintura ou organização? Estar em casa me forçou a perceber todos os pequenos detalhes de nossa casa que precisam de atenção. Acredito que qualquer pessoa presa em sua casa por esse período de tempo (grávida ou não) passaria por isso … será bom ter tudo feito no final, mas por enquanto é um pouco de dor de cabeça.

Você tem um plano de parto?

Honestamente, não existe. Não cabe a mim como ela decide entrar neste mundo. Meu único plano é fazer com que Matte fique acima dos meus ombros, toque minha música repetidamente e acenda velas na sala. Fora isso, não há mais nada a planejar. Quando as pessoas me dizem seus planos intensos para o parto, eu fico tipo: “Bom para você, irmã, mas no final do dia, o bebê vai decidir como vai vir!” Estou, no entanto, planejando tomar uma bebida logo após o parto! Minha bebida preferida é um Slurpee com meio refrigerante e Hennessy. Está certo, você me ouviu. Eu quero um legítimo 7-Eleven Slurpee (eu amo todos os sabores misturados!) Com um pouco de refrigerante, gelo picado e Hennessy. 

Concordo plenamente! Qual é a música?

Boasty por Wiley. Eu amo tanto e toco repetidamente. Eu também quero tocar Runs The World (Girls) de Beyoncé assim que ela sair.

Parece que você tomou sua bebida, mas e a sua primeira refeição após o nascimento?

Não tenho muito o que me conter durante a gravidez, incluindo o sushi Sugarfish a cada dois meses, então não estou ficando louca de vontade de comer algo em particular após o nascimento.

 E, algum desejo louco?

Eu sempre fui uma máquina de comer. Eu não seguro. O único desejo real que tive nos primeiros três meses foi Raman, Raman realmente apimentado de um pacote. Eu acho que foi o sal. Agora eu tenho uma quantidade insana em casa – legítima como 200 pacotes!

Você vai tirar a licença de maternidade?

Esta pergunta sobre quando pretendo voltar ao trabalho não se aplica, pois não paro. Praticamente a única vez em que não estarei disponível é quando estou em trabalho de parto! Quero dizer, tenho certeza de que vou diminuir um pouco por alguns dias depois de ter o bebê. Na maioria das vezes, porém, eu posso trabalhar durante a amamentação e entrarei em contato com a minha equipe diariamente. Eu amo o que faço, isso me mantém sã e feliz, então não quero parar. Reconheço que minha agenda e prioridades mudarão, mas a intensidade com que administro meus negócios não. Minha mãe foi trabalhar três meses depois de nos receber, e isso não mudou nada. Ela ainda era uma super mãe quando chegou em casa e me inspirou a seguir seus passos. Dito isto, cada um na sua. Algumas pessoas ficam felizes em ficar em casa e se conectar, enquanto outras querem voltar ao trabalho. Minha posição sobre gravidez e maternidade é que todos precisam fazer o que funciona para eles. É uma experiência única e não é a mesma para todos.

Por falar em trabalho, qual foi a inspiração por trás do lançamento do BÉIS?

Eu viajo desde que eu era uma garotinha. É o meu primeiro amor. Minhas experiências pessoais de viagem – ou pesadelos – me alimentaram por muitos anos de idéias sobre uma marca em potencial; portanto, quando a oportunidade e o tempo pareceram certos, eu literalmente aproveitei a chance. Desde que me lembro, sempre fiquei desiludida com as opções de malas e equipamentos de viagem disponíveis para mim … Sempre achei que elas eram TÃO caras, pareciam boas, mas não tinham função, OU eram super feias e volumosas. Quero dizer, por que eu gostaria de começar umas férias puta por minha bagagem cara ter sido arruinada ou por minha bagagem barata não ter permanecido intacta ou me manter organizada. Não fazia sentido para mim! Antes de lançar o BÉIS, encontrei-me em aviões olhando para o bolso à minha frente, questionando por que ninguém inventara uma inserção para organizar nossos iPads e fones de ouvido. Eu estava cansada de jogar meu telefone em um bolso grosso com um lenço de papel sujo. Pensando no que eu sentia falta no mercado, comecei a rabiscar o que uma linha de “itens essenciais para viagens ideais” poderia incluir em guardanapos de coquetel e em cadernos aleatórios. Esses doodles originais serviram de inspiração para a BÉIS e, quando surgiu a oportunidade, comecei a desenvolver uma série de malas que estavam na moda, funcionais e acessíveis. Por que devemos ser forçados a fazer concessões entre função ou forma? Quanto ao nome, eu costumava ter essa bolsa bege que vinha comigo em todos os lugares que viajava. Era o meu favorito, mas finalmente deu na mesma época em que eu estava iniciando o BEIS, então achei que seria uma ótima idéia recriá-lo e homenagear esta bolsa especial com a nossa marca. Tentei chamar a linha de bege como uma homenagem a essa mala de viagem perfeita, mas quando não pudemos registrar isso, fomos para a versão em espanhol, BÉIS, e adicionamos o sotaque para ser um pouco surpreendente e divertido!

Como a marca evoluirá quando você se tornar uma mãe que trabalha?

BÉIS crescerá organicamente com a minha vida e evoluirá conforme minhas necessidades mudarem – é assim que fazemos. Em primeiro lugar, estamos entrando em novas categorias de produtos a partir de 2020, com a primeira sacola de fraldas sendo lançada em janeiro de 2020! Estou – por razões óbvias – super empolgada com este lançamento, e o caminho para incorporar o bebê foi muito pragmático e orgânico. Semelhante à minha inspiração para viajar, quando descobri que estava grávida, comecei a procurar uma bolsa de fraldas adequada às minhas necessidades; Testei quase todas as sacolas de fraldas do mercado e, quando acabei e não consegui encontrar nada que estivesse na moda, funcional, além de um bom valor, decidi fabricar sozinha. Minha equipe estava com total apoio e muito animada! Quero dizer, eu já estou carregando fraldas de merda, e mesmo que eu não queira uma bolsa cara para carregar essa merda, ainda quero parecer chique.

beneficente para o BÉIS?

Eu acho super importante que todos nós puxemos um pouco de peso extra hoje em dia. Sempre que abrimos nossas mídias sociais ou ligamos a TV, o computador ou o rádio, é evidente o quanto o mundo precisa ser consertado. Independentemente de você possuir ou não uma marca, todos precisamos fazer nossa parte para deixar essa terra em um local um pouco melhor. Percebo isso agora mais do que nunca, enquanto me preparo para trazer um bebê ao mundo, e me pergunto que tipo de mundo é esse … nenhuma ação na direção “certa” é muito pequena. Ao pensar em começar minha própria empresa, sempre soube que queria criar uma marca que retribuísse; portanto, ao lançar a BÉIS, uma empresa fundada em viagens, pensei que fazia todo sentido educar as pessoas sobre o que está acontecendo no mundo e abordar questões específicas – como capacitar mulheres em todo o mundo. Viajar, para mim, dá aos que estão na jornada uma perspectiva tão única e uma educação prática … empatia, experiência e compreensão visual das coisas que nos unem em um mundo constantemente focado na amplificação da divisão. Sinceramente, acredito que se todos pudessem viajar mais e sair de suas bolhas e zona de conforto, o mundo seria um lugar muito melhor.

Seu estilo durante a gravidez?

Confortável. Como podemos ver, estou usando meus chinelos agora e fui pega mais de uma vez por fotógrafos assustadores usando essas jóias! É tudo o que se encaixa nos dias de hoje, tanto faz. Além disso, está quente em Los Angeles, e estou apenas fazendo o meu melhor. Embora eu tenha que dizer, nunca me senti mais confiante. É incrível fazer uma grande refeição e deixar tudo sair! Não estou sugando o que quer que seja e aproveitando cada momento.

 Algum conselho …?

É fundamental, como mulheres, que falemos sobre nossas experiências de maneira aberta e honesta. Quanto mais nos esforçamos para nos levantar, mais poderosas nos tornaremos. Cada um de nós tem uma história que ajudará outra mulher a se sentir menos sozinha. O pior é se sentir isolado, pois torna tudo o que estamos tentando lidar ou curar muito mais difícil.

 

Fonte: Hatch Collection

Tradução: ButtahBenzo Brasil

27.ago
2019

No último dia 21 de agosto,  aconteceu em Los Angeles a première da nova série do Amazon Prime “Carnival Row”. Ashley Benson foi ao evento prestigiar sua namorada Cara Delevingne que é protagonista da série ao lado do ator Orlando Bloom. Ashley não passou pelo red carpet do evento mas foi flagrada ao lado de fora do TCL Chinese Theatre usando um vestido preto decotado e cabelos soltos. Confira:

  

27.jul
2019

Desde que a Privé Revaux foi lançada a dois anos atras, Ashley Benson tem sido uma colaboradora da marca. Depois de ter sido garota propaganda junto com Hailee Steinfeld e Jamie Foxx, Ashley lançou agora sua própria coleção de óculos em parceria com a marca intitulada de “The Benzo Collection”.

A coleção é composta por três estilos de modelo: Olive, uma versão estreita e modernizada de um olho de gato que leva o nome de seu cachorro; Planco, um design de sobrancelhas retas futuristas com escudos laterais que leva o nome de sua melhor amiga e o Victoria, seu nome do meio que é um clássico estilo retangular. Cada um possui armações de acetato, lentes polarizadas e tecnologia ótica anti-luz azul e cada modelo possui três cores diferentes. Os óculos estão sendo vendidos desde o dia 22 de julho por $39.95 no site da marca onde eles entregam para vários países incluindo o Brasil. Confira os bastidores do photoshoot da Ashley para a coleção:

 

 

15.jun
2019

Shay Mitchell foi anunciada como a nova capa da revista digital australiana Gritty Pretty! Infelizmente a entrevista não foi liberada por escrito, porém foi divulgado um vídeo de Shay nos bastidores do photoshoot para a revista. Confira:

 

01.abr
2019

Shay Mitchell concedeu uma entrevista ao site Bustle onde fala sobre a criação da Béis e a importância de se apoiar outras mulheres empreendedoras. Confira a tradução completa:

 

Você pode conhecer Shay Mitchell como Emily Fields de Pretty Little Liars, ou Peach Salinger de You, mas agora, prepare-se para conhecer Shay Mitchell empresária. Depois de fundar sua linha de acessórios de viagem, Béis (pronuncia-se ‘base’) em 2018, Mitchell se conectou com outras empresárias para aprender sobre a indústria e está incentivando outras a fazer o mesmo.

“É incrível que eu seja capaz de fazer algo que eu realmente goste de fazer, e que não pareça um trabalho”, diz Mitchell ao Bustle.

Mitchell teve a oportunidade de conhecer e aprender com outras mulheres empreendedoras em “Desempacotando negócios com Shay Mitchell“, apresentado na lista de reprodução do Dia Internacional da Mulher do Shopify Studios, que mostra donos de empresas do sexo feminino. Impressionada por suas autenticidades, Mitchell procurou conselhos de cada uma das mulheres que conheceu.

“Doris Raymond, [fundadora do The Way We Wore, me disse,]” Se você seguir as tendências, você só vai persegui-lo o tempo todo”. E eu não poderia concordar com isso mais”, diz Mitchell. . “Isso realmente ficou comigo. Então, eu não estou seguindo as tendências. Estou seguindo o que eu gosto e o que eu sei que eu acharia muito útil durante a viagem.”

Mitchell diz que o vídeo é um modelo de como apoiar as mulheres nos negócios – identificando os produtos que você ama e buscando empresas de propriedade e operadas por mulheres para se conectarem e apoiarem “O que nós  queremos com todo este projeto, é conectar com outras mulheres proprietárias de diferentes empresas”, diz Mitchell. “É um mundo realmente favorável lá fora, você tem que fazer um esforço para ir lá e encontrar outras mulheres que estão se matando, e sentar e conversar com elas. Todo mundo gosta de compartilhar conselhos, todo mundo gosta de compartilhar suas histórias, eu só acho que fazer essas conexões é super importante”.

Mitchell se conectou com outras empresárias por meio do trabalho com a Girl Up, uma organização que apóia jovens líderes femininas. Mitchell palestrou em uma conferência da Girl Up, e parte dos lucros de Béis foram doados para a organização. “Antes de qualquer coisa, antes dos desenhos nos guardanapos do avião, era importante para mim que sempre houvesse uma retribuição com a Béis, para sempre, por toda a sua vida útil”, diz Mitchell.

Mitchell diz que a criação de uma marca de viagem acessível que pudesse encorajar mais pessoas a explorar o mundo era uma opção natural para seu empreendimento empresarial. “A viagem sempre foi meu primeiro amor”, diz Mitchell. “Eu acho que viajar é uma das coisas mais importantes que você pode experimentar como um ser humano. Como chegar lá, vá ver o mundo. Você aprende muito sobre si mesmo e sobre o seu entorno, viajando e saindo da sua zona de conforto”. Se você se sentasse ao lado de Mitchell em um avião, encontraria desenhos de bolsas e organizadores de viagens em guardanapos de avião, imaginando como tornar as viagens mais confortáveis. O que pode parecer uma maneira inofensiva de passar o tempo se tornou a espinha dorsal de Béis. “Sempre que eu pegava um guardanapo de avião, eu desenhava e realmente tenho todos esses desenhos, e é assim que eu desenvolvi muitas idéias”, diz Mitchell. “Eu estava apenas rabiscando no avião e adicionei aos desenhos que tinha, e foi assim que Béis surgiu. Foi apenas um monte de idéias que eu finalmente juntei.”

Ela faz parecer mais simples que a realidade. Mitchell acompanhou  cada passo do caminho da criação da marca. Isso significava ir à China pessoalmente selecionar tecidos, zíperes, rodas e testar produtos repetidas vezes até que fossem perfeitos. Mitchell diz que a parte mais difícil do lançamento de Béis foram os tempos em que ela não pôde controlar imediatamente todos os aspectos da produção. Mas ver alguém vestindo sua mochila “em estado selvagem” pela primeira vez foi uma sensação incrível e verdadeiramente única.

“É apenas irreal”, diz Mitchell. “É um sentimento diferente de qualquer outra coisa que eu tive. […] Isso é algo que veio do sangue, do suor e das lágrimas […] e é muito legal ver pessoas gostarem disso.” Mitchell vê a paixão como um componente-chave para o sucesso, não importa em que setor você esteja. Ela diz que as pessoas podem dizer quando você não é apaixonado pelo que está fazendo, mas quando elas veem um entusiasmo genuíno, elas ficarão empolgadas com o seu trabalho. “Eu realmente acho que o verdadeiro sucesso vem de quando você faz algo pelo qual você é super apaixonado”, diz Mitchell. “Quando eu falo sobre cada um dos produtos, ou estou projetando eles, as pessoas realmente têm a ideia do quanto eu me importo, porque você não pode fingir isso.”

E quanto ao futuro de Béis, Mitchell espera poder continuar fazendo itens que as pessoas amam e podem pagar. “Eu sou capaz de criar esses itens que eu me sinto muito bem, que são acessíveis, que são realmente funcionais, e as pessoas estão amando isso. E é por isso que eu fiz isso”, diz Mitchell. “Eu também não queria que os produtos custasse um braço e uma perna, eles não precisam ser tão caros. Então [a acessibilidade] é uma das coisas que eu mais me orgulho.”

 Mitchell ainda se considera uma novata como empreendedora, mas espera poder encorajar os outros a adotar sua atitude “por que não” e tornar o mundo deles próprio. “Tudo o que posso dizer, para qualquer pessoa que seja apaixonada o suficiente e queira começar algo por conta própria, é apenas ir em frente. Por que não?” Mitchell diz. “Experimente, e se você é super apaixonado por isso, então você vai se dar bem. Ou você vai aprender alguma coisa com isso, e se recompõe, e faz de novo, e faz melhor. Eu só acho que a vida é muito curta para não arriscar em algo que você é super apaixonado. “

Confira o video de Shay Mitchell para o Shopify Studios:

Fonte: Bustle

Tradução: ButtahBenzo Brasil

23.fev
2019

Finalmente temos o primeiro trailer oficial do filme “Her Smell”. O filme foi filmado no ano passado e é estrelado por Elisabeth Moss. O elenco conta também com Ashley Benson, Cara Delevingne, Amber Heard e Dan Stevens.

O filme conta a história de Becky Something (Moss), uma estrela punk rock em decadência. A história da personagem é contada em cinco atos, que acompanham sua jornada lidando com drogas, claustrofobia e alcoolismo. Apesar dos problemas, ela quer retornar ao auge de sua carreira de rockstar, mas a chegada de um novo grupo fará com que ela precise enfrentar seus próprios demônios.

Ashley interpreta Roxie, uma das integrantes da banda “Akergirls 7”. As outras integrantes são interpretadas por Cara Delevingne e Dylan Gelula.

O filme tem sua estréia marcada para o dia 12 de abril de 2019 nos EUA. Ainda não sabemos se o filme irá passar no Brasil ou chegará apenas em DVD.

Confira o primeiro trailer oficial do filme:

 

06.ago
2018

Ashley Benson recentemente concedeu uma entrevista ao site AOL onde fala sobre seu novo filme “Her Smell”, sua carreira e outros assuntos. Confira a tradução:

Ashley Benson certamente esteve ocupada desde que ela terminou a sétima e última temporada do amado programa adolescente “Pretty Little Liars”. De colaborar em uma coleção de óculos de sol com o Privé Revaux para recentemente um novo filme com um elenco de estrelas, a atriz tem um prato cheio. Mas uma agenda louca não significa que ela não tenha tempo para seus amigos Walter e Olive – também conhecidos como seus adoráveis ​​cachorros. Nós nos sentamos com Ashley (e seus filhotes!) E nos deparamos com tudo, desde cachorros até poder feminino. Leia a conversa completa abaixo!

AOL: Enquanto o verão é tipicamente um momento para relaxar para a maioria das pessoas, você parece estar indo sem parar. No que você está trabalhando atualmente? 

“Acabei de terminar um filme na verdade em Nova York e é estrelado por Elisabeth Moss, Dan Stevens, Virginia Madsen, Cara Delevingne, Amber Heard, um monte de mulheres realmente incríveis, e é meio que uma versão muito dura de bandas punk dos anos 90. Existem apenas dois machos em todo o elenco, então foi muito divertido fazer parte de um elenco tão forte de mulheres realmente talentosas, e [Elisabeth Moss] é incrível e uma boa amiga e foi realmente incrível ver o trabalho dela em conjunto”

Uau, isso é um elenco de sonho. O que você diria que é o seu maior objetivo de trabalhar em um conjunto tão fortalecedor?

 “Sendo capaz de trabalhar com todas essas mulheres por quatro semanas, foi realmente inspirador e capacitador ouvir suas histórias e de onde elas vieram e quais são suas perspectivas sobre a indústria. E, você sabe, [Elisabeth] agora está em todas as partes, então eu aprendi muito com ela, e ela realmente me inspira como uma mulher na indústria.”

“Nós éramos todos tão solidários um com o outro. Todos nós tivemos que aprender instrumentos que não havíamos tocado antes, e foi muito encorajador e estar lá um para o outro e dar um ao outro feedback. Foi apenas apoio total, o que foi incrível. Isso parece incrível!”

Na mídia social você emite uma vibração muito independente e confiante. Olhando para trás quando você era mais jovem, que conselho você daria para você mesma no colegial?

“Apenas para permanecer fiel a quem você é, o que espero ter feito. Eu acho que é a única maneira de você ter sucesso em qualquer coisa – sendo apenas você mesmo. E é difícil porque se comparar com os outros é tão comum e com mídias sociais e tudo, mas se você está realmente confiante em quem você é, eu acho que você vai ser o seu melhor em vez de tentar ser outra pessoa ou alguém que você admira, porque isso não é o genuíno você.”

Quando você está trabalhando, você provavelmente viaja muito. Como você gerencia estar sempre em movimento com seus cachorros?

“Quero dizer viajar com cães pode ser um pouco assustador para mim. Eu meio que parei um pouco. Walter fica bem calmo no vôo, mas Olive fica um pouco ansiosa no vôo. Na minha primeira vez voando com os dois, fomos juntos em um olho vermelho e eu estava super ansiosa, mas eles fizeram muito bem. E então meio que toda vez estou aprendendo a rotina e o que eu preciso para acalmá-los e coisas assim, mas está ficando mais fácil a cada vez.”

E você recentemente fez uma parceria com a marca de suplementos para cães, SmartyPaws. Por que você está animado em trabalhar com eles?

“Quero dizer, com a saúde em geral e certificando-se de que meus cães estão bem, o fato de que eu posso dar-lhes um suplemento tudo em um para torná-los saudáveis ​​e limpar seu fígado e seu intestino e esse tipo de coisa, isso só me faz plenamente consciente de que eles são saudáveis. Quebraria meu coração pensar que eles não estão sendo atendidos, então esta é apenas uma ótima maneira simples de adicionar algo à sua dieta e mantê-los saudáveis.”

Fonte: AOL 

Tradução: ButtahBenzo Brasil

01.ago
2018

Ashley Benson concedeu uma entrevista recentemente ao site “Mind Body Green” onde fala sobre enfrentar problemas com ansiedade e também como ela tenta amenizar isso no seu dia-a-dia. Confira a tradução completa:

 

Quando conheci Ashley Benson em um café para cães no East Village em Nova York, ela parecia qualquer coisa, menos ansiosa. Seus cabelos loiros pendiam em ondas soltas até o elegante blazer preto e jeans skinny pretos, e ela estava toda sorridente enquanto segurava seu pequeno cachorro, que estava enfeitado com um chapéu de festa para celebrar o recém-lançado SmartyPaws Dog Supplements.

Essa é a coisa sobre a ansiedade, ela se esconde atrás do mais brilhante dos sorrisos e das carreiras mais bem-sucedidas. As pessoas que moram em mansões têm ansiedade. As pessoas que são incrivelmente bem sucedidas têm ansiedade. As pessoas que moram em Los Angeles têm ansiedade, assim como as pessoas que moram em Kentucky e Kansas e Paris, na França. E Ashley Benson definitivamente tem ansiedade.

Tudo começou há vários anos, quando ela ainda estava filmando seu programa de sucesso, Pretty Little Liars. “Eu estava no set quando tive o meu primeiro ataque de pânico”, ela me disse. “Nós estávamos fazendo filmagens noturnas, e eu tive uma estranha palpitação no coração e desmaiei”. Os paramédicos chegaram e, enquanto o coração de Ashley estava bem, sua ansiedade começou a sério. “Todos os dias, eu pensava que teria um ataque cardíaco ou algo assim”, disse ela. “Eu não confiava mais no meu corpo e sempre criticava cada pequena sensação.”

Ela passava meses na cama e, nos dois primeiros anos, seu pai tinha que vir e ficar com ela em casa e ir com ela para as gravações. “Se você nunca teve um ataque de pânico, é mais difícil entender como isso é horrível”, disse ela. “Às vezes eu sinto que estou morrendo – eu fui ao hospital por causa isso.”

O maior curador de Ashley? “Honestamente, o tempo”, ela compartilhou. “Mas não foi fácil – foi realmente muito difícil.” Ashley também medita (o que ela diz “às vezes funciona”) e tenta comer o mais saudável possível, com uma dieta que é pesada em peixes e saladas. Ela faz Pilates regularmente e transpira com frequência nas saunas de infravermelho da Shape House. Como seu cachorro, ela toma (a versão humana de) vitaminas SmartyPants – após um incidente de engasgo quando criança, ela só consumir comprimidos em forma líquida ou pastosa. A água também é um marco de sua rotina de bem-estar. “Eu também sou uma bebedora de água horrível”, ela disse, “Eu prefiro tomar café, chá ou literalmente qualquer outra coisa, mas quando eu bebo, me sinto muito melhor”

. Ela também evita as mídias sociais, confiando na interação com seus entes queridos, sejam seus dois cachorros, seus amigos ou profissionais da área médica. “Às vezes, ligo para o meu médico e converso com ele por uma hora até me acalmar”, disse ela. “E quando foi muito grave, ter meus dois cachorros não me curou, mas definitivamente facilitou o contato, e isso me fez sentir menos sozinha.” A mídia social, por outro lado, “está tão longe do que é a vida real”, disse ela. “Eu prefiro curtir o momento, em vez de sentir o medo de perder algo e as percepções errôneas que vêm das mídias sociais.”

Mesmo com o estilo de vida mais saudável, a ansiedade geralmente não desaparece completamente. “Eu ainda sinto a cada mês ou dois”, disse Ashley. “Eu estarei em um estado muito ruim por alguns dias. Pode ser porque eu estou trabalhando demais, ou pode surgir do nada. Eu farei tudo o que puder para me sentir melhor, mas às vezes, apenas aceitá-lo é uma grande parte do processo “.

 

Fonte: Mind Body Green

Tradução: ButtahBenzo Brasil